Conheça os parceiros do projeto: IUGM Montréal

Sobre o Laboratório de Incontinência e Envelhecimento

A incontinência urinária é um problema de saúde que afeta mulheres de idade mais avançada. As causas específicas da incontinência são ainda desconhecidas. Para encontrar soluções, a equipa de investigação do Laboratório de Incontinência e Envelhecimento situado no Centro de Investigação do Instituto Universitário de Geriatria de Montreal (Centre de recherche de l’Institut universitaire de gériatrie de Montréal), trabalha com tecnologia de ponta. Na sua ordem de trabalhos: melhorar a compreensão sobre a incontinência urinária nas mulheres idosas, incluindo a sua prevenção e tratamento, bem como identificar quem potencialmente mais beneficia do treino do músculo do pavimento pélvico.

O laboratório (2007), liderado por Chantal Dumoulin, fisioterapeuta, doutorada, detentora do título de “Canada Research Chair” em Saúde e Envelhecimento Uroginecológico desde 2012, inclui cerca de 20 empregados/estudantes/bolseiros/voluntários e já participou em mais de 20 projetos de investigação.

O programa de investigação de Dumoulin irá focar-se em três objetivos intermédios:

  • perceber a fisiopatologia da incontinência no envelhecimento nas mulheres
  • identificar os potenciais beneficiários dos tratamentos de primeira linha através do desenvolvimento e validação de uma ferramenta de predição clínica
  • implementar tratamentos de fisioterapia de primeira linha de baixo custo para idosas com incontinência.

Papel no projeto

O detentor do título de “Canada Research Chair” em Saúde e Envelhecimento Uroginecológico na Universidade de Montreal tem um histórico internacional na avaliação e treino do músculo do pavimento pélvico para mulheres idosas com incontinência urinária. Nos últimos anos, a equipa de investigação usou “exergames” para o treino do músculo pélvico durante a execução simultânea de tarefas do dia-a-dia. A equipa apresenta a infraestrutura e experiência necessárias à execução de ensaios clínicos de larga escala na população idosa. No projeto VITAAL, a equipa de investigação do laboratório irá contribuir para o desenvolvimento de jogos interativos focados na incontinência urinária e irá participar no estudo de viabilidade do novo sistema desenvolvido.

Para além disso, em colaboração com o Politécnico de Montreal (Polytechnique de Montréal), será responsável pelo desenvolvimento de um dinamómetro equipado com tecnologia Bluetooth que será utilizado para capturar a atividade dos músculos do pavimento pélvico durante as atividades de treino, por forma a obter feedback e assim melhorar a adesão e eficácia das intervenções.